Transferência facilitada – Sistema GEP- Gestor Escolar

      A transferência é necessária para que um aluno possa ser encaminhado de uma unidade escolar para outra, sendo ela do mesmo município ou de municípios diferentes. Este processo necessita que o secretário(a) escolar informe a transferência dentro do sistema, depois emita a declaração de transferência, ficha individual do aluno e Histórico de transferência para enviar para a escola de destino. Todo este processo precisa de tempo para ser executado! Já imaginou fazer todos os processos de forma mais rápida? Iremos lhe apresentar alguns cenários para esta situação.

Somente pelo GEP – WEB a transferência de alunos terá três modalidades.

1. Transferência de alunos entre escolas da mesma rede de ensino: 

      Nesta modalidade a escola efetua a transferência do aluno e indica para qual unidade escolar da rede municipal o aluno será transferido. O sistema solicita logo em seguida que seja impresso a declaração de transferência e não permite que o aluno, seja transferido sem que seu histórico escolar esteja preenchido!

     A escola de destino receberá uma notificação de solicitação de vaga. Que ficará com status pendente.

      Quando o aluno ou responsável for à escola para efetuar a matrícula com toda a sua documentação necessária em mãos, o secretário(a) escolar terá apenas que aceitar esta nova matrícula dentro do sistema. Com isso o sistema irá importar todos os dados cadastrais do aluno da escola anterior, irá importar também o histórico escolar e notas do corrente ano

      A matrícula será feita de forma rápida, necessitando apenas que o secretário(a) escolar selecione a turma em que o aluno será matriculado.  

Obs.: A escola de origem não poderá mais imprimir declaração de transferência para alunos que estejam com a (situação) matriculado, evitando um transtorno quando a escola de destino tenta efetuar a matrícula do aluno e não obtém sucesso, devido ainda estar matriculado na escola de origem.

 2. Transferência de alunos entre municípios que utilizam o sistema GEP:

      Além de permitir a transferência entre escolas do mesmo município, o sistema GEP também permite que a transferência seja feita para outras escolas de outros municípios que utilizam o sistema GEP, a única diferença em relação à transferência dentro do município é que o secretário(a) escolar terá que selecionar antes o nome da cidade e depois a escola.

3.Transferência para escolas que não pertencem à rede de clientes ERGON:

      Este tipo de modalidade é para casos onde a escola de destino do aluno não seja localizada em nenhuma das duas modalidades acima, portanto, isto indica que a escola de destino não utilizar o sistema GEP.

      Sendo assim, o sistema apenas modificará o status do aluno para transferido, e ao fim, irá emitir a declaração para entregar aos pais ou responsável pelo aluno.

 

Obs.: Observe-se que nas modalidades 1 e 2 descritas nos parágrafos acima, a escola de destino poderá cancelar a solicitação de vaga para matrícula. Por vários motivos. 

Ex: O aluno não compareceu na unidade escolar para efetuar a matrícula.

  • Mesmo que a escola de destino cancele a solicitação de vaga, o aluno continuará como transferido na escola de origem.
  • Caso o aluno compareça na escola de destino, e o secretário(a) escolar já tenha cancelado a solicitação de vaga, a mesma poderá desfazer este processo e aceitar a matrícula do aluno.

Jefferson

Ler anterior

A importância de utilizar um diário eletrônico online

Leia o próximo

Aplicativos GEP – Sala de aula: 6 dicas para modernizar sua escola

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *